quarta-feira, dezembro 29, 2010

Fernando César

Fernando César (Fernando César Pereira), compositor, nasceu em Viseu, Portugal, em 6/11/1917, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 26/5/1983.

Começou a compor em 1954, ano em que foi gravada sua primeira música, Foi você, por Bill Farr, na etiqueta Continental. Mais tarde passou a trabalhar com os parceiros Britinho, Nazareno de Brito, Sílvio Silva e outros.

Obteve sucesso com os sambas Graças a Deus, 1954, Dó-ré-mi (com Nazareno de Brito), 1969, a toada Vento soprando e o bolero Quando as folhas caírem (com Maurício de Oliveira), gravados por Dóris Monteiro.

Em 1967 concorreu ao III FIC, da TV Globo, do Rio de Janeiro, com Engano (com Renato de Oliveira), e em 1968 seu samba Pedro Fico (com Sílvio Silva) classificou-se no II Concurso de Carnaval, interpretado por Paulo Marques.

Algumas composições suas de expressão foram: Balada do homem sem Deus (c/Agostinho dos Santos), valsa, 1959; Chorar em colorido (c/José Antônio Silva), bolero, 1966; Cigarro sem batom, bolero, 1955; Dó-ré-mi (c/Nazareno de Brito), samba, 1969; Falam meus olhos (c/Nazareno de Brito), fox, 1956; Graças a Deus, samba, 1954; Saudade chegando (c/Luís de Castro), fox, 1956; Vento soprando, toada, 1956.

Foi editor de música popular.

Obra

A montanha (Fernando César / Algueró Moreu), A noite é de nós dois (Fernando César / Otelo Zucolo), A noite é nossa (Fernando César / Lubin), A saudade e você, A verdade, Ainda bem (Fernando César / Britinho), Amor de olhar (Fernando César / Britinho), Amor de segunda mão, Amor em 3-D, Arrependimento (Fernando César / Dolores Duran), Assim é se nos parece, Balada do homem sem eus (Fernando César / Agostinho os Santos), Beguine (Fernando César / Tito César), Biquinis de borboletas (Fernando César / Britinho), Bis, Chuva, Cigarro sem batom, Ciúme (Fernando César / Renato de Oliveira), Crepúsculo (Fernando César / Renato de Oliveira), Deixe que eu possa esquecer (Fernando César / Renato de Oliveira), Depois da sete e quarenta (Fernando César / Carlos César), Desencontro (Fernando César / Britinho), Despedida, Despeito, Deus te favoreça, Devoção, Dia e noite (Fernando César / Tony Vestany), Diz por favor que sim, Domingo de amor, Dó-ré-mi, E agora José, É a tua vez de sorrir, Eles não sabem nada, Enquanto houver amanhã (Fernando César / Britinho), Esquecimento (Fernando César / Nazareno de Brito), Estou amando azul (Fernando César / Britinho), Eu sou assim (Fernando César / Jorge Iara), Eu vi, Faça de conta, Falam meus olhos (Fernando César / Nazareno de Brito), Felicidade é você (Fernando César / Nazareno de Brito), Foi você (Fernando César / G. Bianchi), Fracasso (Fernando César / Nazareno de Brito), Graças a Deus, Haja o que houver (Fernando César / Nazareno de Brito), História (Fernando César / Luiz Cláudio), Horas esquecidas (Fernando César / Nazareno de Brito), Horas vazias, Insistência (Fernando César / Luiz Cláudio), Já que está, Joga a rede no mar (Fernando César / Nazareno de Brito), Long-playing, Longe de mim (Fernando César / Britinho), Longe de ti (Fernando César / Ester Delamare), Lua discreta (Fernando César / Newton Ramalho), Luz que não se apaga (Fernando César / Britinho), Melancolia, Mente, Mil e tantas madrugadas (Fernando César / Britinho), Minha janela (Fernando César / Ted Moreno), Não chore (Fernando César / Roberto Mário), Não é por mim (Fernando César / Carlos Imperial), Não me esqueça (Fernando César / Britinho), Não sonhe comigo, Noite chuvosa (Fernando César / Britinho), Nossa favela (Fernando César / Britinho), Novo céu (Fernando César / Ted Moreno), Numa igreja sem ninguém (Fernando César / Ted Moreno), Nunca te direi (Fernando César / Britinho), O amor é isso, O amor não tem juízo, O velho e a rosa, Orgia (Fernando César / Nazareno de Brito), Ouro e prata (Fernando César / Renato de Oliveira), Outro dia virá (Fernando César / Nazareno de Brito), Palavras ao vento, Para que recordar (Fernando César / Carlos César), Penumbra (Fernando César / Ted Moreno), Ponto e chuva (Fernando César / Britinho), Porque brilham teus olhos, Por que e para que (Fernando César / Jaime Florence), Pra que falar (Fernando César / Nazareno de Brito), Prefiro duvidar, Pressentimento, Quando as folhas caírem (Fernando César / Maurício de Oliveira), Quando as saudades se encontram, Quem viu gostar assim (Fernando César / Britinho), Ribalta (Fernando César / Othon Russo e Nazareno de Brito), Rock do espirro (Fernando César / Alfredo Max), Saudade chegando (Fernando César / Luiz Cláudio de Castro), Saudade mora comigo (Fernando César / Otelo Zucolo), Segredo, Ser saudade (Fernando César / Britinho), Seu relógio (Fernando César / Nazareno de Brito), Silhuetas (Fernando César / Ted Moreno), Só ficou a saudade (Fernando César / Dolores Duran), Só pode ser você, Sol de ouro em céu azul, Souvenir, Tantas vezes, Tédio (Fernando César / Nazareno de Brito), Terezinha de Jesus (Fernando César / Britinho), Teu castigo, Tinha que ser, Três dias sem te ver (Fernando César / Britinho), Tu vais passar (Fernando César / Britinho), Tudo ou nada, Último favor, Velho gagá, Vento soprando, Vício, Viver sem você, Volta ao passado, Voltei, Zé Bonitinho (Fernando César / Britinho).

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art Editora e PubliFolha - 2a. Edição - 1998; Fernando César (www.musicapopular.org/fernando-cesar/).