segunda-feira, maio 20, 2013

Nilton Paz pela Revista do Rádio

Nílton Paz - 1939
A biografia do cantor Nilton Paz - e de centenas de outros artistas também desaparecidos da mídia e na espessa poeira do passado do Brasil -, tentamos, se fundamentando em documentos antigos, sem grandes chances, resgatar. Graças à "Revista do Rádio", e mais ainda, principalmente a Hemeroteca Digital Brasileira que está registrando publicações de outrora, há uma pequena luz. Então vamos a uma publicação da citada revista sobre o cantor...

“Há meses transactos, Nilton Paz, o valoroso cantor da Rádio Mayrink Veiga, seguia para os Estados Unidos, a fim de tentar a sorte no cinema. Confiante na sua boa estrela, cheio de esperanças, chegou a Hollywood.

Entretanto, teve que enfrentar uma série de dificuldades, uma vez que para se encontrar na Meca do Cinema é preciso, antes de tudo, muito talento e, depois, estar perfeitamente regularizado com as leis americanas que exigem de todos os estrangeiros uma infinidade de coisas. E o artista já estava vendo se dissiparem suas últimas esperanças... Mas não desanimou. Foi pondo em dia todos os seus documentos e ficou na expectativa de uma oportunidade. Estava escrito: o seu dia havia de chegar.

E eis que agora nos chega a grata notícia de que aproveitando uma chance que a Metro Goldwyn Mayer lhe oferecera para se submeter a alguns testes, a fim de julgar, desse modo, seu real quilate artístico, e tendo os mesmos agradado cem por cento, foi-lhe oferecido um contrato para interpretar um pequeno papel à guiza de experiência, com a promessa de melhores, no futuro, caso seu desempenho venha a corresponder.

Não está longe, pois, o dia em que veremos nos cartazes de um dos nossos cinemas o nome de mais um brasileiro que, à custa de ingentes esforços e dos seus inegáveis dotes artísticos, conseguiu vencer na terra de Tio Sam.”

Nilton Paz com Emilinha Borba para o Carnaval de 1939, gravaram na Columbia, a marcha Pirulito (João de Barro e Alberto Ribeiro). Emilinha não apareceu no selo do disco.
_____________________________________________________________
Fontes: Revista do Rádio  - Setembro de 1948; MPB CIFRANTIGA.