quinta-feira, junho 13, 2013

Maestro Cipó

Maestro Cipó (Orlando Silva de Oliveira Costa), arranjador, compositor, saxofonista e líder de orquestra, nasceu em Itapira, SP, em 24/11/1922, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 03/11/1992. Abandonado pela mãe, foi criado por uma parteira inglesa, conhecida como Gina Parteira. Começou a aprender a tocar clarinete aos dez anos de idade em sua cidade natal. Teve sua vida musical inicialmente ligada à bandas de música.

Em 1940, mudou-se para São Paulo, já sabendo tocar saxofone, e passou a tocar no conjunto do Maestro Gaó. Em 1943, foi para o Rio de Janeiro, contratado pela orquestra de Simon Boutman.

Em 1946, gravou seu primeiro disco, pela Continental, que saiu com o título de Cipó e Sua Orquestra, no qual foram interpretados os choros Um choro com swing e Interpretando, ambos de sua autoria. No mesmo ano, gravou, também de sua autoria, o fox-trot Crazy idea, e o choro Contaminado.

No começo dos anos 1950, ingressou na Rádio Tupi, como arranjador. Em 1957, participou com seu conjunto, do LP Festival de Jazz - 2º Grande Concerto, lançado pela Sinter, com diferentes maestros e conjuntos, sendo gravado ao vivo no Golden Room do Copacabana Palace em novembro de 1956. Ainda nesse ano, atuou no grupo musical Turma da Gafieira.

Em 1958, lançou pela Sinter o LP Assim eu danço... - Cipó e seu conjunto. Nesse ano, fez a trilha sonora do filme Alegria de viver, dirigido por Watson Macedo. Em 1959 lançou, também pela Sinter, o LP Melodias favoritas da tela - Cipó e Seu Conjunto, no qual foram interpretados clássicos do cinema.

Na década de 1960, passou a liderar o conjunto Sete de Ouros e tornou-se diretor musical da TV Tupi. Em 1962, o conjunto Sete de Ouros, sob sua direção, lançou pela Odeon, o LP 7 de Ouros. No ano seguinte, gravou pela Continental, o LP Madison sensacional - Cipó e seus Madison Boy's.

Em 1964, gravou pelo selo Imperial/Odeon o LP Aqui começa o maravilhoso mundo da música - A Fantástica Orquestra de Stúdio de Cipó, no qual foram registrados uma série de grande sucessos internacionais.

No mesmo ano, liderou o conjunto 7 de Ouros na gravação do LP Impacto! - Conjunto Sete de Ouros, lançado pela Polydor, no qual foram interpretados os sambas O amor que acabou, de Chico Feitosa e Luis Fernando Freire; Todo dia é dia de chorar, de Romeo Nunes e Carlito; O morro não tem vez, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes, entre outros.

Em 1965, gravou, também pelo selo Imperial/Odeon, o LP Ritmo espetacular - Cipó e Academia de Samba Imperial, no qual foram tocados os sambas, entre outros, Despedida de Mangueira, de Benedito Lacerda e Aldo Cabral; Implorar, de Kid Pepe e Germano Augusto; Estão voltando as flores, de Paulo Soledade; e Pierrot apaixonado, de Noel Rosa e Heitor dos Prazeres.

Participou nos anos 1960 e 1970, de dezenas de programas musicais produzidos pelas TVs Tupi, Rio, Excelsior, entre outras. Em 1972, criou a Orquestra do Maestro Cipó, com a qual passou a animar bailes e gafieiras no Rio de Janeiro, misturando samba e jazz.

Em 1979, lançou pela gravadora CID o eclético LP A Gafieira - Cipó e Sua Orquestra, com as músicas Aquarela do Brasil, de Ary Barroso; Na Glória, de Raul de Barros e Ari dos Santos; Vereda tropical, de Gonzalo Curiel; Cuban Love Song, de Stothart, Fields e McRugh; Mambo Jambo e Mambo Nº5, de Perez Prado; Paraquedista, de José Leocádio; Apelo e Pra que chorar, de Baden Powell e Vinícius de Moraes; Negue, de Adelino Moreira e Enzo de Almeida Passos, e Força estranha, de Caetano Veloso, além dos sambas Pra que vou recordar o que chorei, de Carlos Dafé, e Gotas de veneno, de Wilson Moreira e Nei Lopes. 

Obras 

Assim eu danço, Bop ciponato, Conquistador, Contaminado, Crazy idea, Doce recordação, Interpretando, Tema para dois, Um choro com swing.

Discografia

1946 - Um choro com swing/Interpretando • Continental • 78
1946 - Crazy idea/Contaminado • Continental • 78
1958 - Assim eu danço... Cipó e seu conjunto • Sinter • LP
1959 - Melodias favoritas da tela - Cipó e Seu Conjunto • Sinter • LP
1962 - 7 de Ouros • Odeon • LP
1963 - Madison sensacional - Cipó e seus Madison Boy's • Continental • LP
1964 - Impacto! - Conjunto Sete de Ouros • Polydor • LP
1964 - Aqui começa o maravilhoso mundo da música • Imperial/Odeon • LP
1965 - Ritmo espetacular - Cipó e Academia de Samba Imperial • Odeon • LP
1965 - Brazilian Beat - Cipó And His Authentic Rhythm Group • Odeon • LP
1979 - A Gafieira - Cipó e Sua Orquestra • CID • LP

________________________________________________________
Fonte: Dicionário Cravo Albin da MPB.